• Facebook
  • Instagram
  • | Frete Grátis para compras acima de R$ 149 p/ Sul + Sudeste e acima 249,90 p/ Nordeste|
  • Troca Fácil |
  • Parcelamento Em até 12x no cartão
0
Seu carrinho está vazio :(

Bebês

Fases da Gestação - Mudanças que Ocorrem no 1º Trimestre

Publicado em 27.07.2021 |
41 visualizações

Além de ser um momento único e especial na vida da mulher, a gravidez também é marcada pelas inúmeras adaptações que o corpo da mamãe faz para gerar o bebê. Cada fase da gestação apresenta características particulares.

Ao reconhecê-las, a experiência de ser mãe se tornará ainda mais encantadora e intensa. Porém, você sabe quais são as mudanças que ocorrem no primeiro trimestre da gravidez? Caso não, não deixe de ler este artigo. A seguir, explicaremos tudo sobre o assunto.
Como são divididas as fases da gestação?
Os nove meses, ou 40 semanas de gestação, costumam ser divididas em três trimestres, pois, nesse intervalo de tempo, acontecem mudanças bem peculiares. Isso porque, o corpo da mãe se adapta para a formação e para o desenvolvimento do bebê.

Neste sentido, o primeiro trimestre da gestação é considerado o mais importante, pois exige muitos cuidados. Nessa fase, se inicia a divisão celular, que faz com que o óvulo fecundado se transforme em um embrião.

Nos três meses seguintes, a gravidez tende a ser mais tranquila. Já do 7º ao 9º mês, é a reta final para a chegada do bebê, onde ele ganha peso e altura, e o corpo da mulher começa a se preparar para o parto.

Durante todas essas fases, diversos fatores contribuem para o bom desenvolvimento do feto, desde os hábitos alimentares e a rotina da mamãe até a atenção dela com a saúde e o histórico de saúde dos pais.

Agora que você já entendeu como e por que a gravidez é dividida em três fases, chegou o momento de falarmos sobre as mudanças mais perceptíveis que ocorrem do primeiro ao terceiro mês da gestação.


Fases da gestação - Primeiro trimestre
O primeiro trimestre da gravidez é repleto de mudanças. O feto está se desenvolvendo rapidamente, formando os principais órgãos do corpo humano como coração, pulmão, fígado, intestino, rins e medula. A gestante também passa por muitas adaptações para manter e nutrir adequadamente essa nova vida.

Quando o óvulo é fecundado, as células começam a se multiplicar para transformá-lo em um embrião. Essa multiplicação é também a responsável por desenvolver todos os sistemas essenciais do bebê.

Geralmente, a descoberta da gravidez ocorre na quarta semana, em decorrência do atraso no ciclo menstrual e da chegada dos primeiros sintomas, tais como, náuseas, vontade constante de urinar, seios doloridos, alteração de cor na aréola, fadiga, sono excessivo e desejo por alimentos ou sabores específicos.

Porém, é importante lembrar que cada gravidez é única, o que significa que cada mulher pode ou não apresentar esses sinais. No que se refere às mudanças no corpo, o primeiro trimestre é marcado pelas grandes oscilações emocionais.

Além disso, a placenta, o cordão umbilical e o líquido amniótico começam a se formar neste período. Com isso, as escolhas da mamãe passam a afetar a saúde do feto. Assim, é fundamental buscar um estilo de vida mais saudável.

Entre as semanas 0 e 13, o corpo do bebê também passa pelas primeiras transformações. Com quatro semanas, ele já terá o tamanho de um grão de arroz e o coração começará a bater.

Por fim, depois de oito semanas, os braços e pernas já foram desenvolvidos e inicia-se a formação dos dedos. Ao final do primeiro trimestre, a criança estará com o rosto e os genitais praticamente definidos, mas o sexo ainda não será revelado.

Dessa forma, com o acompanhamento médico adequado, será possível verificar se todas essas transformações estão seguindo o seu ritmo natural. Caso contrário, o profissional poderá adotar medidas para identificar alguma anormalidade.

Enfim, passado este período, depois de descobrir o sexo do bebê, você já pode começar a preparar o enxoval. Nesse momento, conte com a Pêpézinha. Em nosso site, temos diversas opções de roupas e acessórios para crianças de qualquer gênero, tamanho e idade.

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo. Para ler mais conteúdos como esse, continue em nosso blog e nos siga no Instagram e no Facebook.